Segurança cibernética para idosos: principais dicas para manter seu dinheiro suado na aposentadoria seguro

Embora o mundo inteiro tenha se tornado ‘digital’, a realidade é que os australianos mais velhos continuam lutando para acompanhar a tecnologia, os computadores e, especialmente, a segurança cibernética.

No início de 2021, o Australian Cyber ​​​​Security Center (ACSC) informou que, em média, os australianos fazem 164 denúncias diárias de crimes cibernéticos. Isso equivale a um relatório a cada 10 minutos.

O ACSC disse que a fraude foi a categoria mais relatada, com criminosos lucrando por meio de fraudes em investimentos cruzados, compras, golpes românticos etc.

Os australianos mais velhos, em geral, têm um nível mais baixo de alfabetização técnica do que os australianos mais jovens e, como tal, são mais vulneráveis ​​a fraudes de segurança cibernética.

Um estudo do Instituto Australiano de Criminologia (AIC 2019) sobre vitimização por fraude online na Austrália encontrou “uma relação… entre a capacidade de usar computadores e TI e a vitimização por fraude online”.

O estudo descobriu que quase 30% das vítimas de fraude online na Austrália tinham 65 anos ou mais.

O que é Segurança Cibernética?

A segurança cibernética está tomando medidas preventivas para ajudá-lo a evitar ser vítima de crimes cibernéticos.

O número de crimes cibernéticos cometidos e relatados é evidência suficiente para que os australianos mais velhos sejam mais proativos na tomada de medidas para fortalecer a segurança do dispositivo e estar cientes do comportamento seguro online. Portanto, se você não quiser que os golpistas peguem seu dinheiro suado de aposentadoria e aumentem seu estresse financeiro, continue lendo para obter algumas de nossas principais dicas de segurança cibernética para idosos.

6 principais dicas de segurança cibernética para idosos

1. Para agir

A dica número 1 para os australianos mais velhos em relação à proteção contra crimes cibernéticos é agir, incluindo pesquisar e tomar medidas para ficar mais seguro online. Ao agir, os australianos mais velhos podem se sentir mais seguros acessando a internet todos os dias para serviços bancários, compras, e-mail, vídeo e streaming e muito mais.

dois. Atualização de dispositivo e software

Os cibercriminosos são conhecidos por tirar proveito das vulnerabilidades que encontram em softwares executados em dispositivos móveis e computadores.

Uma maneira de manter os maus jogadores fora de seus dispositivos é atualizar o sistema operacional do seu dispositivo móvel e o sistema operacional do seu computador o mais rápido possível quando novas atualizações forem lançadas.

Se você tiver um computador iPhone, iPad ou Apple, o software do telefone e do iPad é chamado de iOS e o software do computador da Apple é chamado de macOS. Se você não tiver dispositivos Apple, o sistema operacional do seu computador pode ser o Microsoft Windows ou o Chrome OS, e o software do seu dispositivo móvel pode ser o Android.

Se você não tiver certeza sobre como atualizar seu dispositivo móvel ou software de computador, peça ajuda a um familiar, amigo ou localize um profissional.

3. Use senhas exclusivas em todos os lugares

A segurança da senha, ou a falta dela, é uma das principais razões pelas quais os australianos mais velhos são mais suscetíveis ao cibercrime.

Dado que os australianos mais velhos são menos experientes tecnicamente do que os australianos mais jovens, faz sentido que seja mais difícil para as gerações mais velhas gerenciar com cuidado e astúcia suas senhas online.

Um dos maiores erros que as pessoas mais velhas cometem é usar a mesma senha para várias, se não todas, suas contas online, para que elas se lembrem melhor de suas senhas.

Gerenciar uma grande lista de senhas não é um problema apenas para os idosos, é um problema para todos, e é por isso que usar um gerenciador de senhas é importante e vale a pena o tempo necessário para configurá-lo e entendê-lo. Existe uma grande variedade de gerenciadores de senhas seguros e de qualidade que permitem que você acompanhe todas as suas contas e tenha senhas exclusivas para todas as suas diferentes contas online. Os gerenciadores de senhas populares incluem: Lastpass, Keeper Security e Nordpass.

Quatro. Instale a autenticação multifator

A autenticação multifator (também conhecida como autenticação de dois fatores) é uma tática altamente recomendada para garantir que suas contas online mais importantes, como contas bancárias, gerenciadores de senhas e contas do Google/Facebook, etc. permaneçam seguras.

Este método de autenticação usa duas ou mais provas para validar que você é o proprietário da sua conta.

Às vezes, as pessoas decidem não configurar a autenticação multifator porque isso torna o login menos conveniente, pois envolve várias etapas; no entanto, é altamente recomendável que suas contas mais importantes evitem que sejam invadidas.

5. Instalar software de segurança

Os pacotes de software de segurança para computadores e laptops são uma camada adicional de segurança.

Nos últimos tempos, os especialistas debateram se o software de segurança é necessário em 2022, pois os sistemas operacionais modernos podem detectar e mitigar vírus com bastante eficácia.

Embora a detecção de vírus tenha melhorado, o software de segurança ainda é bom para manter seus computadores protegidos contra outras ameaças. Além disso, como os australianos mais velhos são menos diligentes e conhecedores da segurança do PC, é recomendável ter um software de segurança como parte de uma abordagem de várias camadas à segurança online.

Dois dos principais impedimentos à instalação de software de segurança são não saber qual solução escolher e saber como instalar o software em seu computador.

A PC Mag publicou recentemente uma análise de três conjuntos de segurança de PC populares e respeitáveis: Norton 360 Deluxe, Kaspersky e Bitdefender, que podem ser vistos aqui. Depois de escolher e comprar o software de segurança, se não tiver certeza sobre como instalá-lo, peça ajuda a um amigo ou membro da família ou considere contratar um profissional como Geeks2You ou JimsIt.

6. Ignorar e-mails e mensagens de texto não solicitados

Se você não conhece o remetente de um e-mail ou mensagem de texto, ou se recebe alguma indicação de que um e-mail ou mensagem de texto solicita que você faça algo questionável ou suspeito, ignore-o e exclua-o.

Existem muitos tipos diferentes de e-mails que são usados ​​por cibercriminosos para enganá-lo ou obter acesso ao seu dispositivo.

A fraude de e-mail e texto pode assumir diferentes formas, como:

roubo de identidade – onde uma mensagem é enviada para você se passando por alguém que você conhece.

Roubo de identidade – onde as mensagens parecem ser de uma empresa legítima, mas solicitam que você confirme suas informações, crie uma nova senha ou algo semelhante – e obtenha acesso às suas informações confidenciais de login.

ofertas falsas – se você receber uma mensagem oferecendo um item à venda a um preço muito reduzido, há uma chance de que, se você comprar o item, não receba a entrega, e a parte infratora pode ter os dados do seu cartão de crédito.

Peça ajuda – onde você receberá uma mensagem que parece ser legítima, onde alguém lhe pede ajuda e lhe pede para transferir dinheiro. Se você não conhece a pessoa, ou não a conhece há muito tempo, é melhor ignorar e excluir todas essas mensagens.

7. Cuidado com fraudes

O cibercrime está aumentando em volume e sofisticação, e a maior defesa é ter um nível saudável de ceticismo sobre as comunicações de fontes desconhecidas e estar alerta e ciente das ameaças existentes e novas.

Pergunte aos membros da sua família se eles já estiveram envolvidos em crimes cibernéticos ou com que frequência recebem e-mails de fontes não confiáveis.

Ao ser curioso, você aprenderá sobre a natureza e o escopo das ameaças à segurança cibernética, e isso o ajudará a ser mais vigilante e a tomar medidas diretas para proteger a si mesmo e seus dispositivos.

Esperamos que essas medidas de segurança cibernética sejam valiosas para proteger você e seus dados. No entanto, se a ameaça da segurança cibernética não for a única pressão financeira que você enfrenta na aposentadoria, talvez considerar opções como esquemas de reversão de casa ou hipotecas reversas possa deixar sua mente (e carteira) à vontade durante os anos dourados da aposentadoria.

Leave a Comment