NMSU e UTEP colaboram para expandir a missão da CAHSI com doação de US$ 2,8 milhões

LAS CRUCES – Desde 2006, a New Mexico State University tem colaborado com a Universidade do Texas em El Paso e várias outras universidades em todo o país na Computing Alliance of Hispanic-Serving Institutions, expandindo a participação na computação. O objetivo da aliança é desenvolver as melhores práticas e colaborações para permitir que HSIs em todo o país aumentem o número de estudantes hispânicos que obtêm credenciais de ciência da computação e avancem para carreiras gratificantes em ciência da computação. A meta geral da CAHSI pode ser resumida como “20 por 30”: até 2030, os hispânicos representarão 20% ou mais daqueles que obtêm credenciais de computador.

As concessões anteriores da National Science Foundation permitiram à CAHSI construir uma infraestrutura nacional com quatro regiões: Norte, Sudeste, Sudoeste e Oeste. A NMSU atua como a principal instituição para a região Sudoeste que inclui Texas, Novo México e Arizona, áreas geográficas com a maior presença de hispânicos. A aliança conta hoje com mais de 60 instituições em todo o país.

Cada região tem um cabo e um conector. Enrico Pontelli, reitor da Faculdade de Artes e Ciências da NMSU e Professor Regente em Ciência da Computação, é o líder, enquanto Raena Cota, gerente do programa, é o conector para a região sudoeste da CAHSI. Cota explicou: “Os objetivos do atual projeto CAHSI são expandir o conhecimento de pesquisa dos alunos, expondo-os à pesquisa como um plano de carreira, bem como envolver os alunos da divisão superior em experiências de pesquisa que os preparam para a pesquisa, além de construir nossos programas de pós-graduação para orientar nossos alunos hispânicos a serem bem-sucedidos em seus estudos de pós-graduação.”

Leave a Comment